Que vacinas preciso para visitar Moçambique?

Bom dia:

Estou a pensar visitar Moçambique, alguem me pode informar que vacinas são exigidas para entrar em Moçambique? Eu penso que a vacina da febre amarela e obrigatória mas também me disseram que há outras vacinas recomendadas? Imagino que seja recusada entrada a todos os viajantes que não tenham certificado, mas como vivo no Reino Unido o certificado vai provavelmente estar em Inglês, existe algum problema com isso?

Muito obrigado

Comentários

  • Quando levares as vacinas para poderes viajar dão-te um certificado internacional de vacinação aceite em qualquer pais do mundo.
    Não sei quais são as obrigatórias para Moçambique mas aconselho a Hepatite, Tétano/difteria, febre tifoide e amarela…
    Creio que para Moçambique não há obrigatoriedade, mas no aeroporto pode estar um funcionário a exigir para ver se ganha algum dinheiro. De qualquer forma vai a uma consulta do viajante.

    Espero ter sido útil…
    cumps

  • Muito obrigado, vou certamente tomar todas as vacinas aconselhadas, mesmo nao sendo obrigatorias a hepatite e uma doenca horrivel e altamente contagiosa, mais vale prevenir... entao no que diz respeito a funcionarios existem muitos esquemas para levar dinheiro aos estrangeiros? Eu falo Portugues mas alguns dos meus empregados tem outra nacionalidade e nao falam o suficiente para serem confiantes, o Cruz estaria disponivel para os guiar na chegada? Seria excelente contar com alguem nesse lado para tornar as viagens num processo menos complicado.

  • Encontrei alguma informacao que pode ser util no site das comunidades(https://www.portaldascomunidades.mne.pt/pt/conselhos-aos-viajantes/m/238-mz):

    Regime de vistos de entrada em Moçambique para estrangeiros

    O regime de entrada no território da República de Moçambique para cidadaos(nacionais) Portugueses que sejam portadores de passaporte comum está condicionada à prévia obtenção de um visto, as modalidades assim como os prazos de duração do visto serão variáveis de acordo com as características particulares da deslocação pretendida, recomenda-se aos viajantes que contactem prontamente os serviços das respectivas representações consulares Moçambicanas em Portugal*

    As autoridades locais poderão conceder, a título excecional e so para fins turísticos, um visto de fronteira a cum idadão estrangeiro proveniente de um país onde exista uma representação consular Moçambicana (como é o caso de Portugal), quando este consiga demonstrar, a impossibilidade de solicitação atempada do visto junto da respectiva representação consular(Moçambicana). No entanto não se aconselha o recurso ao visto de fronteira por se tratar de uma modalidade que só é concedida a título excecional(e apenas para fins turísticos).

    Para poder obter o visto de entrada em Moçambique requere-se que o passaporte seja válido por mais de 6 meses para além da data limite do termo da viagem planeada.

    Recomenda-se vivamente a não ultrapassagem da data limite de permanência assinalada no visto, sob pena de pagamento de multas de montante elevado. Em caso de necessidade, as prolongações de vistos podem fazer-se junto dos serviços da Migração em Moçambique, se bem que o processo seja moroso e deva sempre ser iniciado antes de caducar o visto.
    _
    * http://consuladodemocambiquelisboa.pt/
    http://www.consuladodemocambiqueporto.pt/vistos.php

    https://www.portaldascomunidades.mne.pt/pt/conselhos-aos-viajantes/m/238-mz_

    Saúde (Cuidados de Saúde) - Conselhos aos viajantes estrangeiros a Moçambique

    De acordo com a Organização Mundial da Saúde Moçambique é considerado um país sem risco de propagação de febre-amarela. No entanto, as autoridades moçambicanas determinaram a obrigatoriedade de apresentação na fronteira de comprovativo internacional de vacinação contra a febre-amarela a todos os viajantes que pretendam entrar em Moçambique provenientes de 43 países (ou que tenham estado ou passado por Aeroportos localizados nesses países), esses países na sua grande maioria africanos, mas consta também o Brasil nessa lista assim como Angola, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe. Todos os cidadãos moçambicanos que se desloquem a algum daqueles países também estão abrangidos. Caso o viajante não apresente o certificado de vacinação internacional deverá ser vacinado no posto de entrada, mediante o pagamento de aproximadamente 40 euros.

    O viajante deverá consultar o seu médico de família ou os serviços de saúde de medicina tropical no seu país, a fim de se informar acerca das medidas preventivas contra a malária e outras doenças tropicais, tais como cólera, hepatite(A e B), a febre tifoide, a febre-amarela, poliomielite, difteria, tétano, BCG e o HIV-SIDA.

  • Não vamo esquecer também que é necessario tomar medicação preventiva contra a malária em Moçambique.

  • A malária é uma doença assustadora, na minha opinião deve-se sempre que possível levar não só os medicamentos preventivos, mas também os de tratamento caso o pior aconteça, não vão estes estar em falta. O tratamento tem de começar cedo após o diagnostico, mais vale prevenir... mas atenção ás leis de cada país no que diz respeito a importar medicamentos, poder ser ilegal em certos países, como tal é perguntar nas embaixadas que melhor podem informar.

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.