Brexit - Portugueses no Reino Unido

Estamos numa altura algo tensa no que diz respeito ás expectativas do que vai acontecer a seguir no âmbito do processo do Brexit. Os ânimos parecem por vezes exaltados principalmente no que diz respeito aos direitos dos cidadãos Portugueses a residir no Reino Unido, muitos se queixam de incertezas, e talvez tenham razão em se sentirem assim, mas parece também ser um sentimento generalizado nos dois lados, pois afinal incertezas são a única constante até ao momento. No nosso expaço de opinião vamos partilhando a últimas notícias e o que pensam os Portugueses a viver no Reino Unido.

Comentários

  • Bom tema, de uma maneira ou outra o Brexit vai certamente dar que falar, será que vai afectar muito os portugueses a residir no Reino Unido?

  • Bom, parece que o Brexit vai mesmo ser um Hard Brexit(se é que o Soft Brexit alguma vez existiu), a primeira ministra Theresa May está a enfrentar diversos desafios dentro do seu próprio partido, se é verdade que a “snap election” foi um acto arriscado, serviu no mínimo para lhe dar mais algum tempo no poder, se bem que não parece abrir muitas possibilidades nem mesmo no que diz respeito ao seu partido, por outro lado Nigel Farage está a mostrar cara mais uma vez, numa postura que ninguém consegue perceber, e que certamente nem ajuda a própria Hard Brexit da qual ele é tão aficionado(ou pelo menos diz que é...).

    Interessa-nos mais como o(a) Brexit vai afectar os portugueses a viver no Reino Unido, muitos têm negócios e carreiras já bem estabelecidas, e se por um lado existem muitas garantias da parte do governo, uma economia de successo não é possivel garantir, dizem-nos que muitos cidadãos europeus estão a sair do Reino Unido deixando muito do que construiram para trás.

    Outros dizem que os cidadãos europeus a viver no UK são priveligiados no sentido de terem accesso á EU(UE) enquanto os nativos perdem o previlégio.

    Nas indústrias financeiras as regras do jogo vão mudar certamente, e é de notar que se trata de uma indústria que emprega muitos cidadãos europeus, diz o governo que existe acordo no que diz respeito aos direitos de emigrantes estabelecidos, talvez a questão seja se vale a pena ficar no UK após a transição.

    Digam o que pensam.

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.